segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Cinzas da Primavera/ Spring Ashes

Hey pessoal!

Ao rever documentos no PC, dei com esta curiosidade que não me lembrava: o álbum "Cinzas da Revolta" originalmente estava para se chamar "Cinzas da Primavera". Isto tinha a ver com a estação do ano em que a história se passaria, mas acabámos por trocar para um título mais direto e apelativo.
Outro dado curioso para os menos atentos é o facto do personagem principal ter o nome do "Ndala". De acordo com a pesquisa que na altura fiz (não me lembrava disto!), é o nome de uma cobra voadora das montanhas, que ataca mortalmente os homens e animais a partir da cabeça. Em África, o nome é usado como alcunha por chefes, com o objetivo de destacar a sua ação.
Se ainda não têm o livro, a FNAC e outras livrarias vendem:
Cinzas da Revolta - Miguel Peres e Jhion

Para além disto, estou a pensar na melhor maneira de reunir toda a informação que quero partilhar e, com o meu regresso ao facebook, tenho de ver se vale a pena continuar com o blog. Podem gostar da página em:
https://www.facebook.com/miguelperescomics

Até já pessoal!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Hey guys!

This post is more to the portuguese readers, so I won't bother you with the details. It's about my first graphic novel, "Ashes of Revolt" (edited only in Portugal). I'm trying to see with my publisher if it's possible to translate the story to english and perhaps put it online , but it's too soon to confirm anything. Also, I'm having trouble deciding either starting to promote my work only on facebook or keep my blog going. You can follow me here:

Miguel Peres Comics on Facebook

I'm slowly preparing to travel to Thought Bubble in Leeds, hoping to talk with my favourite writers. Are you coming too?

See ya!

terça-feira, 7 de julho de 2015

Dre Amos/Coral/Jung

Hey pessoal!

Sem grandes novidades para vos dar, mas sempre com pequenos previews do que poderá ser o produto final. O Miguel Ministro acabou de rascunhar na totalidade o albúm, agora é avançar para o traço final, cores e legendas. Ainda que no ínicio tenha escrito para 64 páginas, contamos já com cerca de 80 páginas.
Algo engraçado neste tipo de processos é que, enquanto argumentista, acho que certas cenas cabem numa página, mesmo que tenha muita informação. No entanto, quando passa para a criatividade e perceção do desenhista, toda essa informação muda, juntando o que eu imaginei com o que ele imagina. A própria organização de vinhetas, dos espaços acaba por não ser exatamente igual ao que defini, pois tem de estar de acordo com o seu traço ou a melhor maneira que ele acha que a arte pode crescer e fluir nas páginas. E, em cada história que escrevo, aquela magia de ver algo que imaginaste ganhar vida em desenho não desaparece. Pegando precisamente nisso, deixo-vos alguns rascunhos das personagens principais, mais aproximadas do que poderão ser no albúm.
Vão acompanhando, mesmo que estejam na praia, ok?

Até já!

Dre Amos

Jung

Coral

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Um update assim a correr!

Hey pessoal!

Pela terceira vez consecutiva, vou estar presente (com o João Amaral) na Feira do Livro de Lisboa, ainda associado ao meu primeiro albúm de BD, o "Cinzas da Revolta". 
Aqui fica o horário:
Dia 6 de Junho - 15h30 - 17h
Dia 10 de Junho - 15h - 17h

Entretanto, o próximo projeto, o "Cemitério dos Sonhos" está a avançar a bom ritmo!
O desenhista Miguel Ministro acabou praticamente de rascunhar a totalidade das páginas e, como já não postava aqui há algum tempo, fica uma preview de 2 páginas do albúm. Não vão entender nada, são soltas, mas é só para terem uma noção de como estamos a avançar. Estamos ambos entusiasmados com a história e a trabalhar arduamente para que o produto final vos surpreenda!

Conto convosco pela Feira do Livro!

Até já pessoal!



quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Às vezes o nosso melhor amigo pode ser o pior vilão


Como já referi uma vez, ao descrever as personagens no guião nem sempre fico com uma ideia muito clara de como poderão ficar em desenho. Felizmente tenho a ajuda do Ivan Rego, um amigo que trabalha comigo na EDP, entusiasta (fanático vá) de banda desenhada e que vai fazendo uns rascunhos das personagens. Anteriormente mostrei a personagem principal em modo de combate, desta apresento-vos o vilão. 
A frase "a la" filme americano é da autoria dele.
Gostam?

Até já pessoal!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Guião finalizado!





Hey pessoal!

Um ano e meio depois, finalmente acabei o guião do "Cemitério dos Sonhos"!
E ao finalizar, apercebi-me de vários aspetos curiosos, sendo que um deles é que antigamente achava que usar momentos menos bons da minha vida era a força motora ideal para escrever.
Durante esses anos resultou, mas hoje em dia inspiro-me exatamente no oposto, na vida feliz e descontraída que tenho e apoio-me fortemente nos bons momentos. 
Outro aspeto é que a história acabou por ter vários momentos auto-biográficos. Inspirei-me no último ano e meio de falta de vontade para escrever, de arrasto criativo, de olhar para 2014 sem ter escrito ou realizado algo. 
A música contribuiu largamente para criar o ambiente certo com vários singles e albuns de diferentes artistas. A descoberta de 2 deles foram vitais, aconselho a ouvir:

Olafur Arnalds: From Now I Am Winter 

iamwhoiamwhoami: BLUE

São músicas melancólicas e tristes, mas necessárias para me focar no tom que queria passar.
Espero em breve poder mostrar-vos algumas páginas do Miguel Ministro (continua abordo no projeto) e anunciar novidades, nomeadamente se alguma editora pega neste projeto.

Até já pessoal!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Concept Art da personagem Dre Amos em modo combate

Hey pessoal!

Uma das coisas que geralmente tenho dificuldade em perceber enquanto escrevo é como as personagens realmente ficam com as descrições que faço. 
O exemplo que vos mostro aqui é de concept art da personagem Dre Amos num momento da história em que tem de combater. Um dos meus colegas da EDP, Ivan Rego, tem-me ajudado a visualizar no papel o que está apenas em ideia.
O que acham? Gostam? Curiosos?

Até já!


sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

E em 2015...

...trabalho para que o projeto que vos mostrei fique escrito. 
Foi um ano (e uma longa fase) de dedicação à parte profissional da minha vida que me deixou pouco espaço mental para esta que me realiza pessoalmente.
Mas para 2015 esperam-me as ideias que quis desenvolver antes:
 - "Cemitério dos Sonhos" em BD;
 - conto infantil;
 - mini-série de ficção científica em BD;
Do "Cemitério dos Sonhos" conto já com 33 páginas escritas de 64 possíveis. Conto mostrar-vos mais rascunhos e pranchas em breve.
Os outros projetos vão nascendo mais lentamente. Nunca se sabe o que poderá surgir mais, mas se acontecer, serão os primeiros saber.
Este ano também espero (e estou a apoiar como posso) o nascer de um novo argumentista de BD, o André Morgado, um grande amigo meu. 
O projeto "A vida oculta de Fernando Pessoa" começa a dar que falar e tem um conceito arriscado, mas interessante. 
Acompanhem-no porque vale a pena.

Deixo-vos com algumas frases que recolhi sobre o "Cinzas da Revolta", livro que me abriu portas no mundo da BD:

"(...)Cinzas da Revolta, inegavelmente, indica e trilha um caminho que a BD nacional pode percorrer com originalidade, para exorcizar fantasmas e para chegar a leitores habitualmente avessos aos quadradinhos."

Pedro Cleto, As Leituras do Pedro

"Humilde, mas adultamente sabedor do que escreve, propõe-nos, de certo modo indignado, o avaliar do negativismo das guerras..."

Luiz Beira e Carlos Rico, Blogue da BD

"Tal como O Baile este é um livro de leitura obrigatória, por vários motivos diferentes, mas um idêntico. Tem como ponto de partida um tema complexo do passado menos brilhante de Portugal, a Guerra Colonial."

João Ramalho-Santos, Visão